Notícia

Correio Braziliense

A nova identidade de Luzia

Publicado em 09 novembro 2018

Por Vilhena Soares
Minuciosas análises genéticas no Povo de Luzia podem mudar a história do povoamento da América. Em um trabalho conjunto, cientistas do Brasil, dos Estados Unidos e da Alemanha descobriram que essa população, cujos restos mortais de integrantes foram encontrados na região de Lagoa Santa, em Minas Gerais, descende de grupos do continente asiático que chegaram, há cerca de 20 mil anos, ao Novo Mundo pelo Estreito de Bering. Não haveria, portanto, a descendência de africanos. Dessa forma, o grupo sugere que a componente mais famosa [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.