Notícia

SEGS Portal Nacional de Seguros & Saúde

A Marginalidade Feminina no Mundo Lusófono

Publicado em 23 setembro 2015

Por Fonte/Autor.: UNESP

 

A USP e o Centro de Documentação e Memória da Unesp recebem, nos dias 22, 23 e 24 de setembro o Colóquio Internacional e Interdisciplinar A Marginalidade Feminina no Mundo Lusófono.
A sessão de abertura do Colóquio terá lugar no prédio de Letras da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP. As sessões de dia 23 e 24 ocorrem no Centro de Documentação e Memória da Unesp.
Colóquio Internacional e Interdisciplinar A Marginalidade Feminina no Mundo Lusófono
Realização
Pós-Graduação em Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa (FFLCH/USP)
Pós-Graduação em Letras (IBILCE/UNESP)
Centro de Estudos das Literaturas e Culturas de Língua Portuguesa (CELP/USP)
Centro de Documentação e Memória da UNESP (CEDEM/UNESP)
Université Sorbonne Nouvelle – Paris 3
Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa
Centro de Estudos Clásssicos (Universidade de Lisboa)
Fundação das Casas de Fronteira e Alorna
The Ohio State University
Comissão organizadora
Paulo Motta Oliveira (USP)
Luciene Marie Pavanelo (UNESP)
Maria Cristina Pais Simon (Université Sorbonne Nouvelle)
Vanda Anastácio (Universidade de Lisboa)
Pedro Schacht Pereira (The Ohio State University)
Contatos: margifembras@gmail.com
Programação
22 de setembro de 2015 – 3ª feira
Prédio de Letras da FFLCH/USP, Av. Prof. Luciano Gualberto, 403 – Cidade Universitária
8h/9h: Sessão de comunicações – A mulher na literatura luso-brasileira do século XIX
9h10/10h50: ABERTURA – Florbela Espanca e a marginalidade feminina
Coord: Paulo Motta Oliveira (USP)
- Maria Lúcia Dal Farra (UFS): “O corpo insepulto de Florbela (apontamentos para uma marginalidade feminina)”
11h/12h20: Entre o século XIX e o XXI: a mulher na ficção de lusófona
Coord: Vanda Anastácio (Universidade de Lisboa)
- Paulo Motta Oliveira (USP): “De Dumas Filho a Alencar: algumas mulheres…”
- Luciene Marie Pavanelo (UNESP): “Casamento como única saída? Não em As Três Irmãs, de Camilo Castelo Branco”
- Pedro Schacht Pereira (The Ohio State University): “Negociações da marginalidade no feminino em duas obras emergentes da cena portuguesa contemporânea: os casos de Isabela Figueiredo e de Alexandra Lucas Coelho”
14h(ou 14h20)/15h40: A imagem feminina e as relações entre a Europa e os países africanos de língua portuguesa
Coord: Pedro Schacht Pereira (The Ohio State University)
- Flávia Nascimento Falleiros (UNESP): “Personagens femininas de África: notas de leitura em torno de três romances africanos”
- Simone Caputo Gomes (USP): “Olhares sobre a marginalidade feminina na Literatura Cabo-verdiana: da prostituição vitimada à loucura resistente”
- Sandra Leandro (Universidade de Évora): “Reflexos: margens em imagens, mulheres artistas portuguesas representam-se”
- Eugênia Rodrigues (a confirmar)
15h50/17h10: A narrativa portuguesa contemporânea e a representação feminina
Coord: Monica Figueiredo (UFRJ)
- Antonio Augusto Nery (UFPR): “Personagens femininas em Caim (José Saramago): paródia, (re)construção e valorização”
- Jorge Valentim (UFSCar): “Natália Correia e o Botequim ou a Liberdade que vem das margens (Notas sobre a narrativa de Fernando Dacosta)”
- Carla Carvalho Alves (USP): “Marginalidade e alteridade nas personagens de José Saramago e Mário de Carvalho”
17h30/18h50: Mulheres portuguesas à margem, do século XVIII ao XIX
Coord: Eduardo da Cruz (UFRRJ)
- Moizeis Sobreira de Sousa (UNICAMP/Fapesp): “Os romances da biblioteca da princesa D. Maria Francisca Benedita”
- Fabio Mario da Silva (USP): “Notas de investigação sobre uma biografia feminina, da Madre Elenna da Cruz, escrita por Soror Maria do Céu”
- Lina Arao (UFRJ): “Subjetividade feminina cindida: uma leitura de poesias de Maria Browne”
19h/20h: Sessão de comunicações – A sexualidade feminina como questão na literatura portuguesa
Coord: Jane Adriane Gandra (UEG)
- Daiane Cristina Pereira (Doutoranda USP): “Entre mãe e cortesã – o caso de S. Joaneira, Maria Monforte e Maria Eduarda”
- Bruno Kutelak (Mestrando UFPR): “O feminino e o erotismo: análise das personagens Madalena e Lilith, de José Saramago”
- Vivian Leme Furlan (Mestranda UFSCAr): “A Madona: a pluralidade do corpo feminino em transe/trânsito na narrativa de Natália Correia”
23 de setembro de 2015 – 4ª feira
Auditório do Centro de Documentação e Memória da UNESP (CEDEM), Praça da Sé, n. 108, Centro
9h/10h20: A questão feminina em debate, do século XVI ao XIX em Portugal
Coord: Cândido Oliveira Martins (Universidade Católica Portuguesa)
- Luis Maffei (UFF): “Camões em feminino”
- Eduardo da Cruz (UFRRJ): “As mulheres e a felicidade: sobre alguns posicionamentos de António Feliciano de Castilho na imprensa”
- Giuliano Lellis Ito Santos (USP): “Joana D’Arc de Eça de Queirós”
10h30/11h50: Gênero, violência e resistência no Brasil
Coord: Henrique Marques Samyn (UERJ)
- Arnaldo Franco Junior (UNESP): “Palavra, suicídio e criação de si: caindo para o alto com os poemas de Herzer”
- Thiago Mio Salla (USP): “Brechas na estrutura de poder e o feminino masculinizado: a figura da mulher nas crônicas de Graciliano Ramos”
- Emerson da Cruz Inácio (USP): (a confirmar)
12h30/13h30: Sessão de comunicações: Mulheres à margem em Portugal
Coord: Ana Cristina Comandulli (UNIRIO-RGPL)
- Raquel Menezes (Doutoranda UFRJ): “Cartas Portuguesas, entre o mito e a história”
- Andreia Alves Monteiro de Castro (Doutoranda UERJ): “As mulheres de Gervásio Lobato”
- Elisabeth Fernandes Martini (Doutoranda UERJ): “Amor com amor se paga? Figurações da mulher divorciada, no Portugal finissecular”
13h40/15h20: A literatura de autoria feminina no Brasil, do século XX à contemporaneidade
Coord: Luis Maffei (UFF)
- Osmar Pereira Oliva (UNIMONTES): “A ‘marginalidade’ ficcional de Lúcia Miguel Pereira e seu diálogo com Eça de Queirós”
- Jane Adriane Gandra (UEG): “Cora Coralina e Augusta Faro: a autoria feminina e os Becos de Goiás”
- Cláudia Maria Ceneviva Nigro (UNESP): “Publish or Perish: editoras e escritoras afro-brasileiras”
- Maria Cláudia Rodrigues Alves (UNESP): “O entre-lugar de Tatiana Salem Levy: do íntimo ao universal”
15h40/17h: A literatura portuguesa contemporânea de autoria feminina
Coord: Patrícia da Silva Cardoso (UFPR)
- Monica Figueiredo (UFRJ): “Lídia Jorge: a danação do desejo”
- Maria Lúcia Wiltshire de Oliveira (UFF): “Mulheres beguinas: da história para o texto llansoliano”
- Mauricio Salles Vasconcelos (USP): “Eduarda, Maura, Ana, Acker e as outras”
24 de setembro de 2015 – 5ª feira
Auditório do Centro de Documentação e Memória da UNESP (CEDEM)
Praça da Sé, n. 108, Centro
9h/10h20: A marginalidade da escrita feminina nos países de língua portuguesa
Coord: Maria Lúcia Wiltshire de Oliveira (UFF)
- Rosangela Sarteschi (USP): “Violência e marginalidade: corpos femininos em evidência”
- Duarte Nuno Drumond Braga (USP): “Entre margens: a mobilidade feminina no conto de Goa e de Macau em língua portuguesa”
- Ana Cristina Comandulli (UNIRIO-RGPL): “António Feliciano de Castilho e o apoio à escrita feminina”
10h30/11h50: A mulher e a sexualidade na literatura portuguesa
Coord: Antonio Augusto Nery (UFPR)
- Patrícia da Silva Cardoso (UFPR): “Conselhos às mal-casadas”
- Henrique Marques Samyn (UERJ): “De Rosa a Liberata: figurações da prostituição na obra camiliana”
- Cândido Oliveira Martins (Universidade Católica Portuguesa): “A mulher e o diabólico: representações literárias de um imaginário intemporal”
12h30/13h30: Sessão de comunicações – Escritoras contemporâneas nos países de língua portuguesa
Coord: Duarte Nuno Drumond Braga (USP)
- Larissa da Silva Lisboa Souza (Mestranda UFSCAR): “A amarga lucidez: Perspectivas distópicas nas escritas de autoria feminina em Angola”
- Rodrigo Valverde Denubila (Doutorando UNESP): “Entre Quinas, Rosalinas, Marias Pascoais e Florbelas: as mulheres em e de Agustina Bessa-Luís”
- Maria da Conceição da Silva Brandão (Doutoranda Universidade Católica Portuguesa): “Silêncio e Sombra: o lugar da voz feminina no romance de Lídia Jorge”
13h40/15h20: A mulher segundo a literatura luso-brasileira oitocentista
Coord: Osmar Pereira Oliva (UNIMONTES)
- Mirhiane Mendes de Abreu (UNIFESP): “Exotismo e erotismo das filhas da mata”
- Pablo Simpson (UNESP): “A escrava na poesia romântica brasileira”
- Albertina Ruivo (Université Sorbonne Nouvelle-Paris 3/Universidade Nova de Lisboa): “A condição
feminina em O Primo Basílio, de Eça de Queirós”
- Adriano Lima Drumond (UESPI): “As mulheres na obra de Álvares de Azevedo”
15h40/17h: Encerramento – A marginalidade feminina em Portugal
Coord: Luciene Marie Pavanelo (UNESP)
- Vanda Anastácio (Universidade de Lisboa): “Chegar ao centro a partir da margem: aspectos da estadia da Marquesa de Alorna em Viena”
- Maria Cristina Pais Simon (Université Sorbonne Nouvelle-Paris 3): “A demência feminina no século XIX: representações e ilustrações de Camilo Castelo Branco”