Notícia

Jornal Cidade (Rio Claro, SP)

A influência social da obra de Vinícius

Publicado em 05 maio 2000

Para os fãs de Vinícius de Moraes, uma boa notícia: acaba de chegar às livrarias "A Arte do Encontro de Vinícius de Moraes", de Sônia Alem Marrach. O livro, publicado pela Editora Escuta com apoio da Fapesp, aborda a obra poética e musical produzida por Vinícius. "A Arte do Encontro" aborda através da obra de Vinícius as transformações ocorridas na sociedade brasileira entre 1933, quando foi publicado seu primeiro livro de poemas (Caminhos para a distância) e 1980, ano de sua morte. Neste livro é possível perceber as próprias transformações vividas por Vinícius, que recebeu uma educação tradicional e aristocrática na infância, na juventude foi católico espiritualista e poeta metafísico e, a partir da década de 60. promoveu o amor livre, deu expressão à cultura jovem, ao feminismo e aos valores femininos interpenetrados nos novos modelos de comportamento masculino. A AUTORA - Sônia, que se formou no Curso de Comunicação Social, habilitação em Jornalismo da Unimep, é mestre em História e doutora em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP. Natural de Rio Claro, ela é professora de História da Educação e da Cultura, na Unesp, campus da Marília, e autora de "O lúdico, o riso e a educação em François Rabelais" (ed. FFC Unesp). Sônia organizou os livros "Conciliação, neoliberalismo e educação" (Annablume) e "Maurício Tragtenberg, Memórias de um autodidata no Brasil" (Escuta).