Notícia

Exame

A farmacêutica sem laboratório

Publicado em 15 julho 2009

Por Daniel Hessel Teich
Até recentemente, o único vínculo entre o nome Odebrecht e a área de saúde era uma série de programas de filantropia patrocinados pelo grupo, um dos maiores conglomerados do país. Mas, há três anos, o empresário Emílio Odebrecht enxergou nesse mercado uma oportunidade para voltar a empreender. Tornou-se, assim, sócio da Recepta, uma farmacêutica que foge aos padrões do setor. Sua estrutura física se resume a um diminuto escritório nos arredores da avenida Brigadeiro Faria Lima, na zona sul de São Paulo. A grande maioria dos 31 [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.