Notícia

Folha.com

A comunidade moral

Publicado em 28 fevereiro 2010

Por José Paulo Florenzano
As torcidas organizadas, no Brasil, assim como os agrupamentos ultras, na Itália, começaram a ocupar as arquibancadas e a modificar o clima e a paisagem dos estádios a partir dos últimos anos da década de 1960. Lá, como cá, abandonaram a condição de simples espectadores da partida de futebol para desempenhar o papel de protagonistas do espetáculo que elas próprias criavam e desenvolviam, inspiradas pela "metáfora da guerra", como mostra a perspectiva antropológica de Alessandro Dal Lago. A violência, no entanto, não se [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.