Notícia

O Estado de S. Paulo

A ciência e a odisseia do etanol

Publicado em 17 agosto 2015

Por José Goldemberg
Só o homem primitivo, vivendo na floresta, poderia dar-se ao luxo de viver colhendo frutas nas árvores, pescando e caçando, como fazem ainda algumas tribos indígenas na Amazônia. Na vida moderna, não só os alimentos que comemos passam por uma complexa cadeia de preparações, como também as máquinas que usamos não são lanças e anzóis, mas complicados equipamentos, como geladeiras, televisões, automóveis e uma parafernália de outros produtos. Para que funcionem são necessários eletricidade e combustíveis. Quase metade de [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.