Notícia

Unimed Campinas

7º Prêmio de Reportagem sobre a Biodiversidade da Mata Atlântica tem inscrições até 13 de abril

Publicado em 11 abril 2007

As reportagens precisam ter sido publicadas ou veiculadas no período de 1° de abril de 2006 a 31 de março de 2007
A Aliança para a Conservação da Mata Atlântica (parceria entre as ONGs Conservação Internacional e Fundação SOS Mata Atlântica) está com inscrições abertas para a sétima edição do Prêmio de Reportagem sobre a Biodiversidade da Mata Atlântica nas categorias Impresso e Televisão até dia 13 de abril. As reportagens precisam ter sido publicadas ou veiculadas no período de 1° de abril de 2006 a 31 de março de 2007.
Os interessados em participar do Prêmio podem se inscrever pelo site www.premioreportagem.org.br, por email ou pelo correio. As matérias impressas devem ser enviadas em formato Word, acompanhadas do original publicado. E as reportagens de TV devem ser gravadas em DVD. O vencedor do primeiro lugar em cada uma das categorias será convidado a participar de um evento internacional sobre jornalismo e/ou meio ambiente. Os segundos e terceiros colocados em cada categoria receberão R$ 5.000 e R$ 2.500, respectivamente.
As matérias devem tratar de aspectos ligados à biodiversidade da Mata Atlântica, podendo abordar os mais variados temas, tais como alternativas econômicas, biopirataria, crimes ambientais, ecoturismo, educação ambiental, espécies da fauna e da flora, políticas, recuperação de áreas, unidades de conservação, entre outros. O júri de cada categoria é composto por cinco profissionais.
O Prêmio de Reportagem é promovido, desde 2001, pela Aliança para a Conservação da Mata Atlântica em parceria com o Centro Internacional para Jornalistas (ICFJ) e Federação Internacional de Jornalismo Ambiental (IFEJ), conta com o patrocínio da Colgate-Palmolive-Sorriso Herbal. O objetivo é estimular a produção e valorizar a excelência dos profissionais que cobrem temas ambientais no país relativos a Mata Atlântica. "Os jornalistas são aliados importantes no processo de sensibilização e informação da sociedade sobre a importância da conservação deste bioma", observa Érika Guimarães, coordenadora da Aliança para a Conservação da Mata Atlântica.
Em 2006, o concurso recebeu 102 inscrições na categoria Impresso e 68 na categoria Televisão. A jornalista Alessandra Pereira ficou em primeiro lugar na Categoria Impresso com a matéria "A vida entre folhas secas", publicada na revista Pesquisa Fapesp (SP), em fevereiro de 2006. E a reportagem vencedora na Categoria Televisão - "O Pacto Murici" - foi produzida por Beatriz de Castro Serra e equipe da TV Globo de Pernambuco e veiculada em novembro de 2005 no programa 'Nordeste Viver e Preservar'. Como premiação, ambas participaram do Oitavo Congresso Nacional de Meio Ambiente da Espanha, que aconteceu em Madri, de 27 de novembro a 1º de dezembro de 2006.
Aliança para a Conservação da Mata Atlântica
Parceria entre a Fundação SOS Mata Atlântica e a Conservação Internacional, a Aliança para a Conservação da Mata Atlântica existe desde 1999 e tem como principais atividades o Prêmio de Reportagem sobre a Biodiversidade da Mata Atlântica, o Fundo de Parceria para Ecossistemas Críticos (CEPF Mata Atlântica) e o Programa de Incentivo às Reservas Particulares do Patrimônio Natural da Mata Atlântica.
CONTATO PARA ENVIO DO MATERIAL
Ana Ligia Scachetti
Gerente de Comunicação
Fundação SOS Mata Atlântica
Rua Manoel da Nóbrega, 456, Paraíso
04001-001 São Paulo - SP
Tel. (11) 3055-7881 / 7888
E-mail: comunicacao@sosma.org.br