Notícia

Olímpia 24 horas

54º FEFOL - Simpósio de Estudos Etnomusicológicos e Rodada Cultural começam nesta terça (07)

Publicado em 06 agosto 2018

A programação do 54ª edição do Festival do Folclore da Estância Turística de Olímpia está repleta de atividades em todos os períodos. Duas delas terão início nesta terça-feira, dia 07. O 4º Simpósio de Estudos Etnomusicológicos, que em edições anteriores era realizado no Recinto, este ano, passará para a Casa da Cultura, nos dias 7 e 8 de agosto, das 8 horas ao meio dia. A organização é da Prefeitura da Estância Turística de Olímpia, através da secretaria de Cultura, Esportes e Lazer. O evento tem ainda o apoio da Associação Brasileira de Etnomusicologia – ABET e da Fundação Koellreutter.

Com a coordenação do músico e pesquisador olimpiense Estêvão Amaro dos Reis, o 4º Simpósio de Estudos Etnomusicológicos de Olímpia ocorrerá junto à 1ª Rodada Cultural, projeto da divisão de Cultura, que estreia no Fefol deste ano, também nesta terça.

“O Simpósio e a Rodada Cultural terão por objetivo debater o folclore no mundo contemporâneo e propiciar aos participantes a possibilidade de vivenciar as práticas musicais dos grupos folclóricos, retomando assim, uma prática historicamente presente no Fefol desde a sua origem”, explica o músico e pesquisador Estêvão Amaro dos Reis.

O evento é gratuito e aberto a pesquisadores, professores e estudantes, integrantes dos grupos folclóricos e demais pessoas interessadas nos temas do folclore.

PARTICIPANTES

Três pesquisadores farão palestras no Simpósio, nesta terça e na quarta-feira. Estêvão Amaro dos Reis, Doutor em Música pelo Programa de Pós-Graduação em Música do Instituto de Artes da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP (2016) e Bacharel em Saxofone pela Escola de Música da Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG (2005). Integrante da Misturada Orquestra e do GODAP, desenvolve trabalhos nas áreas de criação e interpretação de trilhas para teatro e dança e atua como instrumentista nas áreas de música popular e erudita, com turnês realizadas no Brasil, Japão, França, Canadá, Espanha, México, Paraguai, Chile e Peru. Com o grupo Sarandeiros participou dos DVDs Gerais de Minas; Dança Brasil (DVD); e Coup de Coeur (DVD). E em 2011, lançou o disco Misturada Orquestra, com a participação de Toninho Horta, Chico Amaral e Benjamin Taubkin e Antonio Loureiro.

Como pesquisador participa de diversos eventos acadêmicos nacionais e internacionais e atualmente é pesquisador do Projeto Temático FAPESP “O Musicar Local - novas trilhas para a etnomusicologia”, com sede no Instituto de Artes da UNICAMP e no Laboratório de Imagem e Som em Antropologia (LISA), da Universidade Estadual de São Paulo - USP e ocupa o cargo de 1º Tesoureiro da Associação Brasileira de Etnomusicologia - ABET, gestão 2017/2019.

Guilhermina Lopes é Doutora em música pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), sob orientação da Profa. Dra. Lenita Nogueira. Realizou um estágio de pesquisa PDSE-CAPES entre 2015 e 2016 no Centro de Estudos de Sociologia e Estética Musical da Universidade Nova de Lisboa, sob a coorientação do prof. Dr. Mário Vieira de Carvalho. É atualmente pesquisadora colaboradora do CESEM-UNL, membro do Grupo de Investigação Música, Teoria Crítica e Comunicação, participante do projeto temático “O Musicar Local” (FAPESP – UNICAMP/USP) e segunda-secretária da Associação Brasileira de Etnomusicologia (ABET), gestão 2017-2019. Participou de diversos eventos acadêmicos nacionais e internacionais, tendo apresentado comunicações em Portugal, Brasil, Chile e Espanha. Dedica-se também ao estudo do canto lírico e integra o Coro Contemporâneo de Campinas, grupo ligado à sua universidade de origem.

Jacque Falcheti é cantora, pesquisadora e produtora, formada em Música pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e está cursando MPB/Jazz do Conservatório Dramático e Musical Dr. Carlos Campos de Tatuí. Na UFSCar foi pesquisadora e professora, e desenvolveu pesquisas e projetos com Folias de Reis e cultura popular através da Fundação de Amparo à Pesquisa (FAPESP), pesquisas com educação musical, e foi professora do curso de choro bem como tutora do curso de música à distância. É cantora profissional com dois CDs lançados e já realizou turnê internacional na Europa em países como Portugal, Itália, França, Espanha, Holanda, Bélgica, e na África em países como Tunísia e na América Latina, bem como foi premiada em editais de cultura como Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo (ProAc), Ministério da Cultura do Brasil (MINC), Funarte, FUNARJ, SESI, Correios, entre outros.

RODADA CULTURAL

Com o objetivo de fomentar a cultura popular brasileira através da troca de experiências, a secretaria municipal de Cultura, Esportes e Lazer promoverá durante o 54º Festival do Folclore da Estância Turística de Olímpia, a Rodada Cultural. O projeto, que integra pela primeira vez a programação do Fefol, é uma inciativa da divisão de Cultura, sob a coordenação do diretor Charles Amaral.

Nesta terça-feira, 07, o encontro contará com a participação do Conjunto Folclórico Internacional “Os Gaúchos”, de Porto Alegre (RS), e o Grupo Cultural Xique Xique, de Maceió (AL). Na quarta-feira, 08, será a vez dos grupos Siriri de Atalaia, de Cuiabá (MT), e Associação Folclórica Paramazon, de Belém do Pará (PA).

Conforme consta na programação do Festival, a Rodada Cultural será realizada nos dias 7 e 8 de agosto, a partir das 9 horas, na Casa da Cultura. A atividade é aberta ao público e a entrada é franca.