Notícia

eAgora

150 cientistas debatem em SP novidades em câncer e doenças neurodegenerativas

Publicado em 20 junho 2011

Voltado ao intercâmbio internacional em medicina molecular, o Hospital A.C.Camargo por meio de seu Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Oncogenômica (INCiTO) em parceria com o Instituto Nacional de Neurociência Translacional promove desde domingo, 19, em São Paulo, o 2nd A.C.Camargo Global Meeting of Translational Science (perfis e programa em http://www.accamargo.org.br/schoolscience2011/).O Encontro faz parte do programa de Escolas Avançadas para difusão da Ciência Translational (integração entre diferentes áreas de pesquisa), da FAPESP.

O programa reúne 33 cientistas de renomados Institutos como o Memorial Sloan-Kettering, Robarts Research Institute, SicKids, Sanford-Burnham e Ludwig Institute for Cancer Research universidades dos Estados Unidos, Canadá, e Brasil como o Universidades de Nova Iorque, Washington, Duke, Toronto, Califórnia, Ontário, Católica do Rio Grande do Sul Federais de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, dentre outras.Dentre os temas que compõem a extensão programação de 60 horas, destacamos avanços em tratamento de câncer, dor e doenças neurodegenerativas.

Dentre os destaques desta segunda-feira, 20, o bioquímco Marcus Vinícius Gomes, da Universidade Federal de Minas Gerais, aborda descobertas relacionadas ao estudo das toxinas de uma aranha brasileira (Phoneutria), que, segundo seus trabalhos, podem ser utilizadas no tratamento da dor e de outras possíveis aplicações terapêuticas para isquemia cerebral.Outro destaque na área é o Terrance Snutch, do Brain Research Centre, do Canadá.Snuch desenvolveu novas drogas para o tratamento da dor e criou uma indústria de biotecnologia para comercializar o desenvolvimento dessas drogas.

Redação eAgora